Como poderia um baiano como eu deixar de comentar sobre a maior festa de rua do planeta? Começa hoje a noite, na prática, o carnaval de Salvador. Com a cobertura completa da Rede Bandeirantes, conforme já acontece há alguns anos.

Desde a semana passada que já não mais existiam abadás para os blocos mais famosos da festa (Camaleão, Nana Banana, Papa, Cocobambu, Eu Vou, Cerveja e Cia ou Coruja) e agora só é possível conseguí-los no mercado negro. Para vocês terem uma idéia, um abadá do Camaleão (mais desejável bloco de carnaval de 10 entre 10 foliões) já está custando cerca de R$ 3.000,00. Já o folião menos "fominha" pode se contentar alugando o mesmo abadá, por R$ 1.100,00 ao dia. Se você pensa que não tem quem compre está enganado. Turistas são os principais alvos desses cambistas. Além disso, abadás do Camaleão já foram todos vendidos desde o ano passado. E esse ano não será diferente. Na quarta-feira de cinzas já estará disponível para o folião o abadá para 2007!!!

Estima-se que em Salvador, existem quase 2 milhões de pessoas que irão curitr o carnaval. Metade desse número é formado de turistas. Tem certos lugares que você se sente em outro país ou até mesmo outro estado. E quem fica deslocado é quem mora aqui🙂.

Há alguns anos (não dizer ao certo quanto tempo) a Central do Carnaval é o maior local para negócios sobre o carnaval. Os principais artistas e blocos estão lá e o internauta pode adquirir os mais diversos produtos, incluindo os abadás. Cerca de 30% das vendas são feitas pela internet e 35% dos clientes são turistas. Além da Central do Carnaval, temos o Reino da Folia (de Durval Lélis, vocalista do Asa de Águia) e o Axé Mix (da Ivete Sangalo). Esses dois com o mesmo objetivo do primeiro, mas oferecendo outras opções de blocos e pacotes.

Para este ano foi escolhido o tema "O coração do Mundo Bate Aqui" e uma japonesa foi escolhida como símbolo da festa, junto com um baiano. A japonesa, da cidade de Nagoya, vai representar os turistas durante as festividades ao lado do bailarino baiano Antônio Cozido. O nome dela é Yuka dos Santos Libanio. A polêmica foi grande, mas infelizmente não consegui descobrir o motivo. Apenas pude entender que a mistura de uma japonesa legítima e criada aqui juntamente com um baiano demonstra a real mistura de raças que existe nesta cidade assim como a harmonia entre elas. Se eu conseguir descobrir o motivo da  polêmica, estarei colocando aqui.

Yukachan posa ao lado do professor e dançarino 

Antônio Cozido, seu par no carnaval.

Mas… como era de se esperar, as coisas não estão indo muito bem do ponto de vista conterrâneo. Os preços para os abadás e camarotes, a cada ano, estão a preços cada vez maiores e fora do poder aquisitivo do baiano. Até a semana passada a Central do Carnaval só vendia kit com 3 dias de festa. Ou seja, se você quisesse comprar apenas 1 dia de um bloco qualquer, não podia. E eu fui um dos prejudicados com essa idéia absurda. Em dezembro de 2005 fiquei sabendo da confirmação do DJ FatBoy Slim, considerado o melhor do mundo, no bloco Skol D+. Fui correndo no site da Central do Carnaval para fazer a minha compra, somente para aquele dia. Após escolhido o dia e forma de pagamento, aparece uma mensagem de erro, informando a obrigatoriedade. Eu teria que comprar mais 2 dias (gastar mais dinheiro) só para poder ir de fato no dia que me interessava. Desisti. Cheguei a ligar para a Central e fui informado que talvez, nas proximidades do carnaval a Central liberasse a comprar de um dia apenas. É  verdade que isso aconteceu, mas eu já não estava com mesmo ânimo nem com $$ no bolso o suficiente para gastar com isso. Me senti excluído.

Essa atenção exagerada das organizações pelo turista está causando a distância de muitos baianos, tendo como opção apenas a pipoca, que é curtir o bloco fora das cordas, ou então viajar. Aqui no trabalho muita gente preferiu essa opção. Não sou contra o turista, muito pelo contrário. Sou contra a essa cegueira pelo dinheiro deles. Eu também tenho o direito de curtir a festa.

Ainda que existam esses problemas internos, o fato é que o Carnaval de Salvador vem crescendo cada vez mais a cada ano. Acompanhe nos links abaixo como saber mais dessa festa e assista pela Bandeirantes a cobertura completa. Se você gostar, é possível se programar. Até 2010 as datas já estão marcadas.

 

2007 – De 15 a 20 de fevereiro

2008 – De 31 de janeiro a 05 de fevereiro

2009 – De 19 a 24 de fevereiro

2010 – De 11 a 16 de fevereiro

 

Um bom Carnaval a todos e vamos cair na gandaia🙂
 

PS: No último dia de carnaval, fui curtir o FatBoy Slim no bloco Skol D+. Devido as questões já comentadas, fiquei fora das cordas e acompanhei o trio até o fim do percurso, juntamente com minha namorada. Depois dessa experiência pude ter a certeza que o carnaval do futuro não poderá ficar restrito somente a Axé Music. É preciso que existam outros trios com outros gêneros músicais. FatBoy Slim foi um sucesso SIM, mas somente para aqueles que pagaram para entrar no bloco e aqueles que resolveram seguir o Trio. Foi lamentável a situação que testemunhei quando um camarote na Barra (perto do camarote de Gilberto Gil) começou a vaiar o trio Skol D+ somente porque o som não era Axé. Essas pessoas faltaram com o respeito para os profissionais e para todos aqueles que curtem esse tipo de som, estando eu incluso nesse grupo. No mais, achei engraçado ver o Trio passar e ver pouquíssimas pessoas, em diversos camarotes, ficarem paradas apenas olhando. Esse é o preço da novidade. :-)

 

Para saber mais:

* Página Oficial do Carnaval de Salvador

* Site da Central do Carnaval

* Site Reino da Folia

* Site AxéMix

* Saiba o que é um Trio Elétrico. Como funciona a festa e os circuitos.

* Conheça a história do Abadá e o que existia antes dele, a Mortalha.