Nesses 4 últimos dias aconteceram coisas em minha vida digital que contando ninguém acredita.
Consegui perder 18GB de dados importantes em apenas 4 dias, com momentos de azar, sorte, vacilo e falta de atenção. E para que o mesmo não aconteça com você, resolvi descrever aqui os meus vacilos e azares. Além da solução encontrada para reduzir um pouco o sofrimento.

* CASO1 – O cartão SD:

Tenho um Pocket PC e nele tenho um cartão SD de 2GB. Conectei o PPC ao PC e inicie um programa de nome "Card Export" que transforma seu PPC num pen drive.
Fiz as devidas transferências de arquivos e quando acabei, esqueci de desligar o programa e reitirei o PPC da base. Foi o suficiente pra perder todo o conteúdo do cartão SD. O desespero aumentou quando me lembrei que há algum tempo eu não fazia backup deste cartão (casa de ferreiro, espeto de pau). Depois de pesquisar, encontrei um backup com 30 dias de defasagem. Não fiquei satisfeito.

Comecei a pesquisar um programa de verdade que pudesse recuperar dados de cartões de memória (a necessidade nos faz aprender). No meu caso, acreditava ser possível recuperar algo mais porque tratava-se de uma deleção não solicitada, por um erro de comunicação do programa, que estava funcionando ainda, conforme comentei.

Depois de algumas horas e testes, encontrei um programa chamado "Pro Data Doctor – Data Recovery Software for Memory Card". O programa é pago, mas possui um versão de testes que permite você rodá-lo e ver o que ele pode recuperar. Resumindo. Com esse programa eu consegui recuperar 1.4GB.

Naturalmente que nos 0.6GB irrecuperáveis, estavam documentos o qual eu também não podia perder (incluíndo material novo para blog, para "ajudar mais"). Mas, precisei entender que pelo menos 70% dos dados estavam recuperados. Antes isso do que nada.

* CASO2 – O Notebook com Windows Vista Home:

Estava arrumando minhas subpastas dentro de uma pasta principal que continha uma série de programas e sistemas virtuais instalados. Num dado momento, decidi apagar uma das pastas. A mesma já estava selecionada (eu juro que ví que estava) e então usei a opção de apagar o conteúdo definitivamente, sem recurso de lixeira. E consegui apagar a pasta principal, com meus 16GB de programas e sistemas. Por algum motivo eu não percebi que a seleção estava na pasta principal e não na subpasta.

Para "aumentar a emoção", eu não tenho backup de absolutamente nada deste notebook.

Peguei o programa baixado há 3 dias atrás e resolvi testar, na versão para arquivos em HD com padrão NTFS. No entanto, apesar do fabricante garantir que funcionava em Windows Vista, comigo não funcionou. No primeiro momento, o programa alegou que não conseguia restaurar arquivos porque o sistema de segurança UAC (nativo do Vista) não permitia acesso. A recomendação seria desativar o serviço, reiniciar o notebook e iniciar novamente o programa. Fiz exatamente dessa forma e ao iniciar o programa, o mesmo não acessava nem a partição.

Recorri a minha biblioteca de programas e encontrei o "Recovery4All Professional 2.23". Com esse programa eu consegui recuperar apenas 4,31GB. Não tive como recuperar mais dados, por se tratar do HD principal (e único) do notebook. E a cada reinício eu já sabia que estava perdendo bytes preciosos. Tanto que a recuperação foi realizada em outro HD, para evitar mais perda.

No caso do notebook, qualquer problema desse tipo seria desastroso. Afinal, fica complicado fazer backup sempre de tanta informação. No entanto, como somente na hora da perda é que sentimos a dor, de hoje em diante, farei backup dos dados deste notebook uma vez por semana e do cartão de memória todos os dias.

[ ]´s

Para saber mais:

Site do software Pro Data Recovery, com download do trial

Site do software Recovery4All, com download do trial.

Postado via notebook

Anúncios