Uma enfermeira que ficou famosa por uma foto na qual aparecia
beijando um marinheiro americano na Times Square de Nova York em 1945,
comemorando o fim da Segunda Guerra Mundial, morreu aos 91 anos,
informou sua família na terça-feira.

A foto do V-J Day (Dia da Vitória sobre o Japão) de Edith Shain
vestida de branco pelo fotógrafo Alfred Eisenstaedt registrou um momento
épico na história dos EUA e se tornou uma imagem icônica marcando o
final da guerra após ser publicada na revista Life.

A
identidade da enfermeira na foto não ficou conhecida até o final dos
anos 1970, quando Shain escreveu ao fotógrafo dizendo que ela era a
mulher da foto tirada no dia 14 de agosto na época em que trabalhava em
um hospital da cidade de Nova York.

A identidade do marinheiro
continua controversa e desconhecida.

Desde então a foto também
marcou a vida de Shain, pois a fama conquistada lhe trouxe convites para
eventos ligados à guerra, como colocar grinaldas em túmulos, participar
de paradas e outros eventos comemorativos.

"Minha mãe sempre
estava disposta a enfrentar novos desafios, e cuidar dos veteranos da
Segunda Guerra Mundial lhe dava energia para aceitar outra chance de
fazer a diferença", disse seu filho Justin Decker em comunicado.

Shain,
que morreu em sua casa de Los Angeles no domingo, deixa seus três
filhos, seis netos e oito bisnetos.

Fonte: Terra